Mentalidade

Este é um post com pensamentos que me ajudaram a seguir em frente nessa jornada de mudança de hábito e nesse nosso estilo de vida! 😉

Alguns pensamentos me ajudaram a dar essa virada no estilo de vida. E acho que se você não fizer funcionar na sua cabeça, pode pagar o melhor nutricionista do mundo,  não vai dar certo.

Sempre achei mais bonito a pessoa mais magrinha, mais enxuta. Porém isso nunca foi um fator determinante para me convencer a emagrecer. Como eu falei no post anterior, antes da primeira foto do antes e depois, eu nem sabia que eu estava tão acima do peso (em torno de 32% de gordura).

Eu notava quando ia comprar roupas que os números só aumentavam. Mas me convencia que aquilo se devia SOMENTE ao padrão estético exigido pela sociedade. E de fato, algumas roupas são assim mesmo. Mas vamos combinar que não era só isso, não é mesmo?

Depois que entrei no Crossfit, achei a minha ‘desculpa mental’ perfeita. Precisava ficar mais leve para executar certos movimentos. Depois eu percebi o quanto me sentir bem, me sentir bonita são fatores importantes também que eu encobria com o manto de não ceder às pressões sociais.

Coisas mais simples também trouxeram felicidades, como: conseguir vestir um jeans, andar de short ou vestido e não ficar assada e não demorar uma eternidade para escolher uma roupa porque TUDO te veste mal.

Mas enfim, vamos aos pensamentos que me ajudaram.

1.TEMPO:

É preciso ter calma e esperar o tempo passar. São anos de alimentação errada e sedentarismo. O corpo não vai se transformar no corpo de instagram em 1 mês. Tenha paciência. Tenha perseverança. Siga a sua dieta, faça seu exercício e repita isso e repita e repita e caia e levante e repita quantas vezes for necessário. Espere o tempo passar, se imagine daqui a 1 ou 2 anos, em como você vai estar melhor e bem. E não tem jeito, demora mesmo, então tudo que você tem que fazer é continuar e esperar, é a única forma de acontecer.

2. CONSTÂNCIA:

Complemento do primeiro item, constância. Não existe dieta perfeita, não comece uma dieta achando que você não vai escorregar que você vai resistir a todas as tentações e não sair da dieta em nenhum evento. Se você não é a Gracyanne Barbosa, comece sabendo que erros existem sim, mas que depois é só voltar, é só continuar. Não é porque você errou que vai jogar tudo pro alto. Não se desespere e comece de novo, quantas vezes for preciso. No final, é a constância que vai fazer diferença!

3. DISCIPLINA:

“Disciplina é liberdade”. Só quando temos disciplina somos realmente livres. Desejar emagrecer, ter um objetivo e não alcançá-lo por não “resistir” a certas comidas ou por não resistir dormir ao invés de treinar. Desculpa, mas você está numa prisão. Se você tem um objetivo, você precisa de disciplina para atingi-lo. E depois ter a liberdade de fazer suas escolhas. Sabe quando você não acorda pra ir treinar porque preferiu dormir mais um pouquinho e depois fica culpado? Então, é disso que estou falando, é dessa prisão. Você sequer tem o controle da situação. Quando você tem disciplina, você controla a situação, você decide quando vai treinar, você decide o que vai comer, você decide quando a exceção vale a pena, você está no controle, você está LIVRE.

4. HÁBITO:

Insista até esse novo estilo de vida virar um hábito. Procure fazer com que se torne uma rotina e que seu cérebro faça mais no automático e pense menos para executar. Então, enquanto você não tem o hábito, escolha um horário para ir treinar e vá naquele horário. Faça amizades e crie uma rotina. Isso vai tornar mais fácil seu momento de treino. É difícil construir um hábito novo, mas persista até se tornar uma realidade e pense na recompensa do futuro.

5. MENTE SÃ:

Mente sã, corpo são. A mais pura verdade da terra. Esteja com sua a mente sã, não odeie fazer dietas ou exercício. Escolha a dieta, a estratégia nutricional que mais se adéqua ao seu estilo de vida, converse com o seu nutricionista, se conheça e vá de mente aberta. Vá sabendo que é uma escolha sua, para um objetivo e desejo seu. E não pensando: que saco, lá vou eu comer alface. Pense: Que bom que tenho a oportunidade de pagar um profissional e que bom que tenho a oportunidade de me alimentar bem.

O mesmo acontece com exercício. Sabe qual é o melhor exercício? Aquele que você faz. Faça um exercício que você AMA, que você vá com PRAZER! E lembre-se disso toda vez que você for fazer. Isso fará a diferença. Se você não gosta de nenhum exercício, tente vários até achar algum.

Não existe milagre, nada vai acontecer do dia para a noite, procure um profissional que você confie e siga com ele. Também não vai adiantar ficar pulando de galho em galho, procurando toda hora um novo profissional, deixa o profissional terminar o tratamento e te dar alta. Com o tempo você mesmo vai aprender a se alimentar melhor e vai incorporar esses hábitos a sua vida.

Se você leu até aqui e esse post te ajudou, me conta! Me fala também sobre o que você quer ler e no que você acha que eu posso te ajudar. Espalha pelo mundo esse blog e se você ainda não me segue no instagram: @leticia.mcf. Um beijo.

typorama(1)

 

Anúncios

7 comentários em “Mentalidade”

  1. Nossa, eu estou amando os posts!
    Sei bem como é essa sensação.. Eu comecei na academia com 35% de gordura corporal. Até um determinado momento eu não me via gorda..
    Fofinha? Talvez.. Mas eu achava que eram uns 5kg a mais que eu poderia perder quando quisesse.
    Ledo engano. 16kg a mais, três (quase quatro) manequins acima..
    Foi um choque.
    Apesar de ter perdido bastante peso eu ainda não conquistei a liberdade que eu queria.
    Me falta constância.. o hábito!
    Eu percebi que, apesar de mais magra, eu ainda continuava comentando erros alimentares que acabavam com qualquer chance de progresso.
    Eu estagnei e não entendia o porquê (o rapaz que me vendia brigadeiros todos os dias na porta do escritório entendia, rs).
    Tenho tentado melhorar e olha, não está sendo fácil..
    Odeio cozinha, odeio comprar coisas.. e com isso acabava cedendo a pressão do Light, da comida pronta…
    Mas eu tenho tentado e me inspirado em história como a sua.
    Eu tenho orgulho de mim quando vejo que passei um dia inteiro nutrindo meu corpo com “comida do bem “.
    É um caminho longo e sei que não vai ser pra ontem, mas fico feliz em ter começado.

    Curtido por 1 pessoa

    1. O primeiro passo é começar! E vamos aos poucos conseguindo conquistar mais passos e adquirindo mais hábitos saudáveis. Parabéns pela iniciativa, vamos devagar e sempre que conseguimos!! E muito obrigada por todos os comentários e elogios! São comentários como este que me fazem manter o blog vivo!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s