WHOLE 30

Whole 30 é um protocolo com duração de 30 dias que tem como premissa reiniciar seus hábitos alimentares.  A ideia é retirar alimentos que possam estar causando algum mal ao organismo. “Como saber se (e de que forma) esses alimentos estão afetando você? Eliminando-os da dieta por completo.”

O intuito é cada indivíduo notar o que lhe faz mal. E de posse desse conhecimento, posteriormente montar um plano alimentar ideal para ele.

O programa Whole 30 também tem uma pegada psicológica, em seu livro existem diversas frases motivacionais. Inclusive uma das primeiras frases do livro é: “Não é difícil. Não ouse dizer que é difícil. Largar um vício é difícil. Combater um câncer é difícil. Tomar café puro não é difícil.”

Dessa forma, o programa Whole 30 trabalha sua mente com as mensagens que inspiraram seu próprio nascimento, embora também reconheça a dificuldade de alterar-se a relação com a comida.

  • AS REGRAS:

As principais regras estão aqui no blog, mas para ter um acesso completo, busque o livro: 30 dias para mudar – Whole 30 – Melissa Hartwig e Dallas Hartwig.

– AS DIRETRIZES BÁSICAS:

SIM: Coma carne, frutos do mar, ovos, legumes, frutas e gorduras naturais.

NÃO: Não consuma açúcar (qualquer tipo dele, inclusive mascavo e xilitol), álcool (não consumir mesmo que seja para preparação de pratos), cereais, leguminosas e laticínios. Não consuma produtos de confeitaria, nem doces. Não se pese e nem tire medidas.

NÃO COMA GRÃOS E CEREAIS: A categoria inclui: trigo, centeio, cevada, milho, arroz, painço, trigo para quibe, sorgo, grãos germinados e todos os pseudos cereais sem glúten, como amaranto, trigo-sarraceno e quinoa. Incluem também todas as formas sobre as quais adicionamos trigo, milho e arroz a comida, como farelo, germe, amido, etc. Leia sempre os rótulos – aprenda a ler rótulos aqui.

NÃO COMA LEGUMINOSAS: Isso inclui feijões de todos os tipos, ervilha, grão-de-bico,lentilha e amendoim. E também vale para todas as formas de soja – molho de soja, missô, tofu, tempeh, edamame e todos os outros derivados que adicionamos aos alimentos (como óleo de soja ou lecitina de soja. A única exceção é a vagem.

NÃO COMO LATICÍNIOS: Aqui, incluem-se leite de vaca, de cabra, ovelha e seus derivados, como creme, queijo, quefir, iogurte e creme de leite. As únicas exceções são manteiga clarificada ou ghee.

NÃO CONSUMA CARRAGENA, GLUTUMADO MONOSSÓDICO OU SULFITOS ADICIONADOS: Se esses ingredientes estiverem presentes na lista de ingredientes de bebidas ou alimentos industrializados, estão proibidos durante o programa Whole 30.

NÃO FAÇA VERSÕES DE PRODUTOS DE CONFEITARIA, DOCES OU JUNK FOOD COM INGREDIENTES APROVADOS: Nada de panquecas de banana com ovos, muffins de farinha de amêndoa, pão sem glúten ou sorvete de leite de coco.  Seus desejos e hábitos alimentares não vão mudar se você continuar comendo esses alimentos, ainda que sejam preparados com ingredientes aprovados no programa Whole 30.

NÃO SE PESE E NÃO TIRE SUAS MEDIDAS: Este programa envolve muito mais que emagrecimento e, ao seu concentrar na composição corporal, você não vai reconhecer os benefícios mais impactantes e duradouros deste plano. Portanto, nada de se pesar, analisar a gordura corporal ou medir a circunferência.

Além dessas diretrizes básicas, o livro também tem uma parte exclusiva para dúvidas mais comuns e dicas de como tornar mais fácil e alcançar o sucesso dos 30 dias de restart, como: fazer uma limpeza na dispensa e retirar tudo que você não poderá comer, planejar as refeições e preparar seus familiares (conte os motivos do porquê você está fazendo, como se sentir mais disposto).

BENEFÍCIOS:

De acordo com o livro Whole 30, 96% dos participantes emagrecem e melhoram sua composição corporal sem restringir calorias. Outros fatores reportados são: níveis consistentemente mais altos de energia, melhora na qualidade do sono, clareza mental e melhora na função digestiva.

EXPERIÊNCIA PESSOAL:

Fiz o programa em outubro de 2016 e senti uma boa melhora na composição corporal e na minha relação com a comida.

Um dos pontos de mais dificuldade foi em relação aos social, em algum momento de festa ou happy hour. Por outro lado, me fez perceber o quanto de “exceções” eu abria, ou seja, que eu não me alimentava tão saudável quanto eu achava.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

O programa tem premissas com as quais  eu sempre defendi, que é buscar uma alimentação mais saudável e baseada em comida de verdade: vegetais, carnes, frutas e gorduras boas.

Porém, ele é muito mais restrito e é um protocolo. Sugiro não fazer por mais de 30 dias e VARIAR OS VEGETAIS QUE CONSOME. Caso você sofra de alguma doença crônica ou auto imune, ou sinta dificuldade, sugiro procurar um nutricionista e comentar sobre o programa, de maneira que ele prescreva e adeque as suas condições.

Por fim, se você realmente está interessado e preparado para fazer, compre o livro(ele também vende em plataforma digital) e se informe mais! Aqui no blog é inviável postar todo o conteúdo do livro e lá você encontra várias dicas e também receitas.

VAMOS COMEÇAR?

Me proponho a tentarmos juntos e para isso vou postar minha alimentação e dividir a rotina do protocolo lá no instagram. Como hoje algumas pessoas já devem ter feito sua primeira refeição, vamos por começar amanhã. Então, data de inicio: 04/04/2018 e data de fim: 04/05/2018.  Para me acompanhar no instagram, basta clicar aqui.

Anúncios

2 respostas para ‘WHOLE 30

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s